Catraio
— desde 2014 —

A história tinha tudo para correr mal. Como Romeu e Julieta e as suas irremediáveis desavenças familiares. Mas felizmente não. O amor de Beatriz e Ricardo, um ao outro e, inapelavelmente, à cerveja artesanal, foi muito superior às questiúnculas entre as duas famílias, num tempo que remonta a momentos vividos entre os avós de ambos.

Na linha ténue entre o ódio e o Amor, este último, quando vence, é arrebatador. E um projeto em comum imbatível. A génese do Catraio – Craft Beer Shop surge em Sevilha, numa das muitas viagens pelo mundo e pela ideia comum de que tal como se prova a comida típica, também se deve provar a cerveja de cada lugar.

Esse desejo “diferente” originou uma ambição única. Intrínseca entre ambos, mas com dois planos. O primeiro, que previa a criação de uma cerveja artesanal. Não avançou. O segundo que convergisse tudo o que de melhor se faz nesse sentido, num só espaço. De possíveis concorrentes a parceiros atuais.

Os dias na Rua da Cedofeita, nº 256 nunca são iguais. As “estórias” multiplicam-se entre os visitantes que surgem no espaço que um dia, há muitos anos atrás, foi uma loja de arte sacra. Ou um negócio de depilação a laser. Desde os vizinhos, de outras gerações, que depois de muita persistência lá entraram e agora gostam. Aos turistas que pedem limão ou gelo na cerveja, até ao conhecedor que pediu quinze cervejas diferentes e só deu dois “goles” em cada. Mas a diferença está em Beatriz e Ricardo, conhecedores em “cerveja” própria que gostam de dois dedos de conversa. E de histórias de amor com final feliz. Como a deles.  
Catraio

 

2017-12-20T16:36:35+00:00